sexta-feira, 28 de maio de 2010

Da vida...

"Há alguns dias estou acompanhando a trajetória
de um amigo que veio recomeçar a vida
aqui na minha cidade, e na tarde de ontem,
da sacada do apartamento,
me deparei com um casal de
jovens sentados na praça, com algumas malas.
Não sei se estavam de chegada ou de partida.
Fiquei observando aqueles dois jovens
sentados lado a lado, mas em total
silêncio, e quase pude adivinhar
o que se passava no coração de cada um.
Parecia morar ali um sentimento de
impotência diante da fragilidade da vida,
porque também eu na janela me sentia triste
e solitária mesmo em meio à
multidão de pessoas, cada qual
envolvida em sua própria dor."

...quão solitários todos somos em
determinadas situações. E nestas situações,
aprendi que o silêncio é o único meio
de entendimento perfeito...

Um comentário:

  1. que belo blog.
    Que bom vir aqui.
    Tenha um feliz final de semana.
    Maurizio

    ResponderExcluir

Abra a janela da sua alma...